Últimas

Galeria

Slide

Dicas Festas Feminices Check-in Minha História Samara Melk | SM GYM

Falsos conhecidos

Olá babies :)

Geeeente, o que foi esse final de março e início de abril? Eu quase não tive tempo de vir aqui e a vida foi uma correria só! Foram provas, Simon doente, trabalhos para entregar e uma infinidade de outras coisas que vão aparecendo no dia-a-dia. Mas enfim estou de volta e confesso que não muito feliz.

Com os problemas e tantas coisas para fazer, acabei não postando aqui o que aconteceu com meu bebê, então vamos lá. O Simon esteve doentinho com problemas de cálculo na bexiga, fígado, infecção no peritônio e problemas nos rins, creio que isso aconteceu pelo fato dele já estar com 7 anos de idade e nessas raças pequenas geralmente os cães são mais sensíveis. Ele ficou internado na VetMed por 14 dias para tratamento e graças a Deus melhorou um pouco, mas o probleminha de cálculo continua e a cirurgia é nada menos que R$ 1000,00! Estou tentando uma vaga no hospital veterinário da UECE porque lá eu consigo fazer essa cirurgia por um menor valor, até porque com a internação eu já paguei R$ 2800,00 e estou mais lisa do que mussum ensaboado! Rsrs. 

Nós (eu e Simon) também tivemos a sorte de contar com a ajuda de alguns amigos e de pessoas que eu nem esperava que nos estendessem as mãos (e eu agradeço de todo o meu coração). Nos deram carinho, se preocuparam, ligaram, acompanharam o caso do Simon e nos ajudaram também de outras maneiras enquanto ele esteve internado. E eu não tenho palavras para agradecer, mas todas as noites antes de dormir peço ao papai do céu que abençoe a vida de cada um deles com prosperidade, saúde, felicidades e todas as coisas boas do mundo! Eu acho que não há retribuição maior do que orar por alguém.

Mas de verdade, não foram estes os que me surpreenderam... Foram meus amigos, ou os que eu pensei que fossem. Não todos, claro. Descobri que tenho muita gente boa ao meu lado e que a reciprocidade de sentimento e amizade é real, verdadeira, independente da distância ou da frequência de nossos encontros. Eu sei que eles estão lá e a amizade é isso. É você ter com quem contar quando as coisas não estiverem indo bem, é você ter alguém para abrir seu coração quando tudo o que você precisa é de um ombro amigo e alguém que te escute.

Nesses dias em que tive problemas com o Simon pude ver quem está comigo de verdade. E ficou ainda mais claro o quão difícil é ter um amigo. Pela primeira vez eu me deparei com uma situação nova: não ter com quem contar. Falo isso não no sentido de contar com alguém quando eu estiver com problemas, mas de ter com quem me abrir, com quem falar sobre minha vida, compartilhar minhas conquistas, falar sobre o carinha que eu estou conhecendo, sobre meus planos para o futuro ou sobre qualquer outra coisa importante para mim.

Perdendo amigos, perdendo amigos
Você não tem nada a perder
Você não perde quando perde amigos falsos 

Sempre achei que um amigo é um irmão que a vida nos permite escolher, e esse sempre foi o meu critério para considerar uma pessoa um verdadeiro amigo ou não. Mas diante de todo o ocorrido comigo nesses últimos dias, quando nem ao menos uma palavra amiga alguns deles me dirigiram com relação aos problemas pelos quais passava, quando ignoraram a dor que eu sentia e nem ao menos me telefonaram para saber como eu estava, ficou mais do que nas entrelinhas que não passamos de falsos conhecidos, e que considerá-los amigos é menosprezar o peso e o significado que essa palavra tem.

Então eu decidi gastar meu tempo com gente que me interessa. Gente inteligente, educada, amiga de verdade. Que cuida, que se importa, que me liga, que xinga, que gasta um tempinho perguntando como eu estou ou como foi o meu dia. Estou escolhendo as relações que me ajudam e não me machucam. Estou escolhendo os amigos que eu me orgulho de ter conhecido, pessoas que eu admiro e respeito. Pessoas que fazem o meu dia um pouco mais brilhante simplesmente por estarem nele. Então se por acaso eu parar de te ligar e não aparecer mais em sua time line, sair dos seus grupos de whatsapp e passar a ter um diálogo monossilábico com você, esquenta não tá, é que é tempo de faxinar o coração e a vida, tempo de recomeçar. Afinal, a vida é muito curta para perder tempo com gente que suga a minha felicidade.


Essa música descreve exatamente minhas ex relações de amizade, é a Fake Friends da cantora estadunidense Joan Jett
Tradução:
Amigos falsos
Quando você está mal eles nunca estão lá
Quando você está totalmente só você realmente aprende
Se você ficar bem de novo eles vão voltar
Todos os puxa-sacos eles adoram viver um romance
Com o som feio deles te dizendo o que você
Quer ouvir e você finge
Porque todos eles concordam que você deveria ter uma vida melhor
Mas você está se sentindo pior
E eles te colocam pra cima até você se acreditar de que é
Outra coisa e é como uma maldição porque
Você não consegue viver à altura do que eles fizeram de você
E eles te dizem que você está perdendo amigos
Perdendo amigos, perdendo amigos
Você não tem nada a perder
Você não perde quando perde amigos falsos
Você vai e diz pra eles que era o maioral
Quando você precisa de ajuda - isso foi ontem
Você os vê rindo quando está de joelhos
E isso parte o seu coração porque você doou tanto
E você não pode acreditar que chegou ao fundo do poço e
Você percebe que anda perdendo amigos
Perdendo amigos, perdendo amigos
Você não tem nada a perder
Você não perde quando perde amigos falsos
               (Fonte:  http://www.vagalume.com.br/)


Nada como um dia após o outro e Deus na frente de tudo.

Receba os posts por email, prometo só enviar coisa legal :)

Coloque seu endereço de email abaixo para receber atualizações toda vez que eu postar

Nenhum comentário:

Deixe aqui o seu carinho :)

@samaramelk no instagram